Infectologista não recomenda retomada do turismo em Bonito

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 em Mato Grosso do Sul, o turismo em Bonito, a 296 km de Campo Grande, já dá sinais de retomada.

Mesmo com o progresso na imunização, o estado registrou até o momento que 29% das pessoas estão completamente vacinadas. Conforme especialistas, a imunidade de rebanho acontece quando 70% da população local está vacinada.

Segundo o infectologista Rodrigo Nascimento Coelho, a retomada para o turismo deve ser realizada com cautela, pois é preciso ver qual é a atual situação do município em relação à pandemia, como está a conjuntura em relação às bandeiras do Programa Prosseguir e transmissibilidade do vírus.

Até o momento Mato Grosso do Sul vacinou 29% da população, sendo que para atingir a imunidade de rebanho para flexibilizar as restrições é necessário 70% – Foto: Reprodução

“É necessário que siga todos os critérios de biossegurança, como distanciamento entre pessoas, optar por locais abertos e que não haja aglomeração durante o passeio. Em Bonito existem muitas cavernas de visitação, o recomendado é que as pessoas não vão até esses locais por serem fechados”, afirmou o especialista.

Coelho ressalta que independente da vacinação estar ocorrendo de maneira rápida em Mato Grosso do Sul, o recomendado é que siga todas as recomendações dos infectologistas. “Mesmo com a vacinação adiantada, é preciso ver se as medidas adotadas estão sendo correspondidas para poder permitir a flexibilização”, relatou.

Conforme o último resultado divulgado pelo Programa Prosseguir, Bonito está na bandeira vermelha, considerada de risco alto de transmissibilidade e infecção para a Coid-19.

 Aumento de turistas

O Observatório do Turismo e Eventos de Bonito (OTEB) prevê que o segundo semestre de 2021 será movimentado no município. Segundo dados do OTEB, os primeiros seis meses do ano registraram 26% a mais no número de visitação, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Em 2020, 189.793 pessoas foram à cidade para realizar passeios no primeiro semestre. Já neste ano, os números chegaram a 240 mil.

Neste ano, a cidade oferece descontos para em passeios para sul-mato-grossenses e pessoas que residem em Mato Grosso do Sul. A iniciativa deu certo, já que os moradores do Estado ficaram em quarto lugar no ranking de visitação da cidade. Com informações do Correio do Estado

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com