Início » Festival da Cultura Pantaneira acontece em Miranda nos dias 6 e 7 de abril

Festival da Cultura Pantaneira acontece em Miranda nos dias 6 e 7 de abril

A diversidade que a cultura pantaneira tem e todo o seu potencial para gerar negócios e fomentar a renda para empreendedores nos municípios localizados no Pantanal

por Redacao
0 comentário

O Festival da Cultura Pantaneira é um trabalho de construção para que a região tenha um evento de forte identidade, tal qual já ocorre o Festival de Bonito – Foto: Divulgação

A economista da Fecomércio MS, Regiane Dedé de Oliveira, integrou a reunião de estruturação do Observatório de Cultura Pantaneira, grupo de estudos e pesquisas responsável por desenvolver ações e iniciativas, realizada nesta terça-feira (19), na sede da Fecomércio, na Capital. A ação faz parte dos objetivos da Comissão da Cultura Pantaneira, grupo formado por representantes de várias instituições com o objetivo de integrar a rede de entidades que atuam no fortalecimento da cultura pantaneira, valorizando práticas sustentáveis e contribuindo para o desenvolvimento social e econômico da região do Pantanal.

A reunião contou ainda com representantes do Sesi, Sebrae, Setesc, Moinho Cultural, Secretaria de Educação de Rio Negro, IFMS e Ponto de Cultura Sapicuá Pantaneiro. “Nesta primeira fase vamos mapear os agentes locais de cultura, a fim de organizar planos de ações estruturantes para o fortalecimento dessa importante cultura do nosso Estado”, diz Regiane Oliveira. A primeira atividade do grupo será realizada nos dias 5 e 6 de abril, durante o Festival da Cultura Pantaneira, que será realizado em Miranda/MS.

Para o presidente da Fecomércio MS, Edison Araújo, a formação da comissão é um importante passo para resguardar a memória da cultura pantaneira, profundamente enraizada nas tradições e no modo de vida das comunidades que habitam essa região única e que tem como característica a biodiversidade. “É uma importante sociedade geradora de trabalho e renda que resiste no Pantanal e que precisa ter suas informações sobre diversos temas e segmentos da cultura preservadas e consolidadas. O observatório será importante para, não só fortalecer a cultura, mas para registrar fatos e dados dessa cultura com as diversas parcerias entre as instituições”, afirma Edison Araújo.

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal