TRIBUNAL DE CONTAS-SINDROME DE DOW_ABRIL 2024

 

Início » PMA atua duas pessoas no Pantanal por crimes ambientais

PMA atua duas pessoas no Pantanal por crimes ambientais

por Redacao
0 comentário

Policiais Militares Ambientais de Corumbá realizaram uma operação no final de semana no Pantanal. A fiscalização abrangeu áreas desde o rio Paraguai em Corumbá, rio Miranda no Passo do Lontra e Estrada Parque, no Pantanal da Nhecolência e Paiaguás.

Um pescador profissional residente no Passo da Lontra foi autuado, no sábado, por realizar uma construção dentro da Área de Preservação Permanente do rio Miranda. O pescador, que também trabalha com aluguel de barcos, recebeu Auto de Infração administrativo com multa no valor de R$ 1.500,00 e teve as atividades paralisadas. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente, podendo pegar pena de 1 a 3 anos de detenção.

Na mesma operação, também no sábado, os policias prenderam na Estrada Parque, na região da Nhecolândia, um capataz de fazenda. Ele foi preso em flagrante com uma arma de caça, carabina calibre 22 com 7 munições intactas. A arma foi apreendida. Os policiais suspeitam que ele estava praticando caça na região, porém, não teve tempo de abater nenhum animal. O capataz foi preso e encaminhado à delegacia de Corumbá, juntamente com a arma e munições, onde ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. Se condenado, poderá pegar penam de 1 a 3 anos de reclusão.

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal