TRIBUNAL DE CONTAS-SINDROME DE DOW_ABRIL 2024

 

Início » Praias brasileiras oferecem points de surfe para todos gostos

Praias brasileiras oferecem points de surfe para todos gostos

por Redacao
0 comentário

Em busca da onda perfeita, nem sempre é preciso ir ao Havaí. A costa brasileira oferece de norte a sul surfe de primeira linha. Ondas tubulares ou longas, beach-breaks como point-breaks, badalação e tranquilidade, tudo isso pode ser encontrado nas praias brasileiras.

 O colírio dos olhos dos surfistas é Fernando de Noronha. A época para o esporte se estende de dezembro até março com a chegada das ondulações norte e nordeste.

Na Cacimba do Padre, principal beach-break (ondas que quebram em bancos de areia) brasileiro, as ondas são bastante tubulares e rápidas. Para completar, o visual da ilha e do morro Dois Irmãos torna o surfe memorável. Outros picos do arquipélago são Conceição, Boldró e Laje do Bode.

Ainda no norte e nordeste, outras praias podem ser o destino de suas férias. A Praia do Francês, em Alagoas, recebe um forte crowd por conta de suas ondas tubulares e águas quentes. Na Praia da Pipa, Rio Grande do Norte, bancadas de areias, pedra e coral diversificam as opções de surfe.

Apesar de ser mais conhecida por suas águas calmas, a Bahia não fica para trás. Scar Reef é considerado um dos melhores reef breaks (bancada de coral) do país e em condições ideais, produz tubos perfeitos. Stella Martins, em Salvador, forma ondas fortes nas marés altas.

No Rio de Janeiro, Saquarema é considerada a capital do surfe nacional. A praia de Itaúna possui ondas pesadas que nas grandes ondulações de leste formam, no outside, esquerdas monstruosas e perfeitas de até 9 pés.

Outras locais que valem uma checada são a Praia da Vila e Vilatur. Já na capital do estado, a Prainha, localizada em uma reserva ambiental, é um dos mais regulares picos do Brasil oferecendo ondas de 2 aos 8 pés por todo o ano.

As cidades de Ubatuba e São Sebastião marcam os points do surfe no Estado de São Paulo. Itamambuca recebe altas ondas principalmente no canto direito. Ainda em Ubatuba, praias que devem ser conferidas são: Praia Grande, Praia do Félix, Vermelha e Praia das Toninhas.

Maresias, em São Sebastião, pode chegar a 8 pés com tubos perfeitos no Canto do Moreira e valas no meio da praia ainda proporcionam excelente nível de surfe.

Talvez o Sul seja a região com mais opções à prática do esporte. Uma das melhores direitas do país fica na praia de Matinhos, no Paraná. Na Ilha do Mel, as praias de Fora e Paralelas rodam ondas de até 6 pés perfeitas e tubulares.

Descendo pela região, Santa Catarina deve ser lembrada. Silveira, excelente point-break (fundo de pedra), pode oferecer mares alucinantes de até 12 pés. Em Florianópolis, Praia Mole e Joaquina são clássicos do surfe nacional, mas tome muito cuidado com localismo dos surfistas de Floripa. Para completar a surf-trip pelo estado, visite os picos de Garopaba, Imbituba (sede do WCT) e Praia do Rosa.

terra

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal