Início » Deputados recebem prestação de contas de subvenção à Cassems

Deputados recebem prestação de contas de subvenção à Cassems

por Redacao
0 comentário

Lei 6.106 de 2023, do Poder Executivo, autorizou a concessão de subvenções à Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul (Cassems), no valor de R$ 60 milhões, que foram repassados em duas parcelas. Na norma, também ficou determinada a prestação de contas à Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). Na manhã desta terça-feira (14), os deputados estaduais estiveram reunidos com o presidente da instituição, Ricardo Ayache, que explanou sobre a destinação do recurso.

“Entregamos aos parlamentares a prestação de contas dos recursos aportados à Cassems, como compensação financeira dos investimentos que fizemos durante a pandemia, na ordem de R$ 60 milhões. Apresentamos os relatórios, notas de todos os procedimentos realizados com muita transparência, dentro daquilo que nos cabe como responsabilidade da gestão. Agradecemos o apoio da Casa Legislativa, sempre presente nos momentos mais importantes do nosso plano de saúde”, destacou Ayache.

Foi entregue a prestação de contas dos recursos aportados à Cassems, como compensação financeira dos investimentos realizados durante a pandemia, na ordem de R$ 60 milhões – Foto: Divulgação

Conforme o presidente da Cassems, a ajuda financeira foi importante para a continuidade dos serviços prestados pela instituição. “Temos uma estrutura de atendimento em todo Estado, a maior rede hospitalar, com dez hospitais. Com a sensibilidade dos deputados e do Governo do Estado, que entenderam a importância da Cassemos nesse cenário da saúde, foi possível continuar a prestação dos serviços com eficiência e excelência”.

Durante a sessão ordinária, o presidente da ALEMS, deputado Gerson Claro (PP), se pronunciou sobre a reunião.  “O relatório será encaminhado para a Comissão de Acompanhamento, que terá acesso aos dados sobre a aplicação dos recursos das contribuições dos servidores e aporte financeiro adicional concedido ano passado para equilibrar as contas do plano de assistência”, informou o presidente.

João Henrique (PL) usou a tribuna para cobrar resposta do Requerimento apresentado no último dia 24 de abril. “Vou denunciar essa instituição ao Ministério Público do Estado, para que possamos avaliar questões elementares dos contratos de gestão. Quero saber os números de credenciados, números de atendimentos oncológicos, credenciadas, valores repassados, descredenciamentos e pagamentos realizados à Suda Odonto Planos de Saúde. Em respeito aos servidores públicos, ressalto o nosso direito e dever de fiscalização”, falou.

Você Pode Gostar

Deixe um Comentário

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal