Início » Sambódromo se ilumina na primeira noite de desfiles do grupo especial

Sambódromo se ilumina na primeira noite de desfiles do grupo especial

por Redacao
0 comentário

Carnaval 2024: Com Paolla de onça, Grande Rio conta mito indígena – Foto: Reprodução

Na primeira noite do Carnaval do Rio de Janeiro em 2024, Beija-Flor de Nilópolis, Acadêmicos do Grande Rio e Imperatriz Leopoldinense brilharam com enredos literários.

Seis escolas desfilaram pelo sambódromo Marquês de Sapucaí na noite deste domingo.

Unidos do Porto da Pedra, Acadêmicos do Salgueiro e Unidos da Tijuca também desfilaram, destacando-se, apesar de problemas iniciais.

As alegorias de Porto da Pedra tiveram contratempos, mas todas as escolas cumpriram o tempo de desfile sob um céu firme.

Porto da Pedra retornou após 11 anos, homenageando o “Lunário”. Salgueiro reverenciou o povo yanomami, Beija-Flor celebrou Maceió e Rás Gonguila, a Grande Rio explorou mitos tupinambás, e a Unidos da Tijuca apresentou o enredo

“O conto de fados”, mergulhando na história e lendas de Portugal. Imperatriz Leopoldinense homenageou Leandro Gomes de Barros, poetizando a cultura cigana. O Carnaval seguiu sem estourar os tempos e com desfiles marcantes.

 

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal