Governo_Dengue_Fevereiro

 

Início » IFMS recebe R$ 4 milhões para oferta de bolsas a estudantes jovens e adultos

IFMS recebe R$ 4 milhões para oferta de bolsas a estudantes jovens e adultos

Recurso captado junto ao MEC será utilizado para conceder bolsas a todos os ingressantes nos cursos técnicos Proeja em 2024

por Redacao
0 comentário

Foto: Divulgação

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) foi contemplado com mais de R$ 4 milhões em recursos para a oferta de bolsas aos ingressantes nos cursos técnicos integrados ao ensino médio, oferecidos na modalidade Educação de Jovens e Adultos (Proeja), a partir de 2024.

O montante é oriundo de uma linha de fomento da Bolsa-Formação (EJA-EPT), no âmbito da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC), e será disponibilizado por meio de Termo de Execução Descentralizada (TED).

A previsão é que o IFMS ofereça o auxílio para ingressantes em 360 vagas nos cursos Proeja no próximo ano, com previsão de conclusão em 2026. Esta é a terceira maior oferta entre todos os Institutos Federais. Em todo o país, a expectativa é que sejam disponibilizadas mais de 8 mil vagas com bolsas.

Segundo a pró-reitora de ensino do IFMS, Cláudia Fernandes, o objetivo do Ministério da  Educação (MEC) é ampliar em 25% as matrículas de jovens e adultos na educação básica integrada à Educação Profissional.

“A iniciativa do MEC tem o propósito de contribuir para o aumento das matrículas e também a permanência e do êxito dos estudantes de Proeja, vindo ao encontro dos esforços do IFMS, que já oferta bolsas por meio de editais específicos”, afirmou.

Ela explica que alguns institutos que tiveram propostas aprovadas utilizarão o recurso para compra de materiais, porém “no IFMS optamos por utilizar esse recurso todo em bolsas aos estudantes, visando que estes tenham êxito em sua formação e possam prosseguir com seus estudos”, disse a pró-reitora.

Na instituição, os estudantes do Proeja já recebem o auxílio-permanência, por meio de editais de assistência estudantil. Entretanto, com o recurso recebido pelo Bolsa-Formação, a bolsa recebida pelo estudante deve ficar em torno de R$ 360 mensais. Todos os estudantes ingressantes na modalidade farão jus ao recebimento.

A bolsa deve contribuir com a permanência e êxito dos estudantes, como foi o caso de Angela Vieira do Nascimento, de 44 anos, que formou-se este ano no curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, ofertado pelo Campus Coxim.

Estudante da instituição entre os anos de 2021 e 2023, Angela não precisou de auxílio para concluir o curso, mas acredita, pela convivência com seus colegas,  que o benefício é importante para o êxito na formação.

“Muitos alunos receberam a bolsa e sei que isso os ajudou bastante. Acho que a possibilidade de todos os estudantes receberem o auxílio é um avanço muito importante”, destacou.

Ainda que não tenha sido contemplada com bolsa, a estudante conta que recebeu muitas outras formas de apoio da instituição. “Tivemos o acompanhamento do professor responsável pelo grupo e, mesmo durante a pandemia, todos os professores se empenharam e nos atenderam em qualquer horário, nos ajudando a não desistir e concluir o curso”, relatou Angela.

Nos cursos Proeja, o jovem ou adulto que não pode concluir o ensino médio na idade prevista, tem a oportunidade de obter seu certificado, além de adquirir uma formação profissional.

“Sou uma das muitas pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar quando jovens e concluir o ensino médio e obter uma formação profissional é uma conquista grandiosa e motivo de orgulho poder dar este exemplo para minha família”, destacou a recém-formada.

Vagas em 2024  As inscrições para 160 vagas ofertadas para ingresso em 2024 seguem abertas até 4 de dezembro. Em abril do próximo ano, outras 200 vagas deverão ser abertas para o 2º semestre.

As vagas no Proeja para o 1º semestre são para os cursos técnicos de Administração (Aquidauana e Dourados) e Manutenção e Suporte em Informática (Corumbá e Naviraí). No 2º semestre, a previsão é de vagas em Campo Grande, Coxim, Jardim e Três Lagoas.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas na Página do Candidato da Central de Seleção ou presencialmente no Campus.

Quem não tiver acesso à internet pode comparecer à Central de Relacionamento (Cerel) do campus e solicitar auxílio para fazer a inscrição. Confira os endereços e horários de atendimento das unidades do IFMS.

No ato da inscrição, é preciso informar dados pessoais, curso e turno escolhido e, ainda, se irá concorrer pelas vagas ofertadas em ampla concorrência ou por ações afirmativas (cotas). Ao final da inscrição, o candidato receberá um e-mail de confirmação no endereço eletrônico cadastrado.

Todas as demais regras do processo seletivo estão disponíveis no edital, publicados na Central de Seleção do IFMS.

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal