Início » Governo criou escola estadual indígena na Aldeia Lalima, em Miranda

Governo criou escola estadual indígena na Aldeia Lalima, em Miranda

por Redacao
0 comentário

O governo do Estado publicou ontem (1º), um decreto onde cria a Escola Estadual Indígena Professor Atanásio Alves, com sede na Aldeia Lalima, no Município de Miranda. O decreto, nº 13.015, de 30 de junho de 2010, estabelece que compete à Secretaria de Estado de Educação prover os recursos humanos e materiais necessários ao funcionamento da unidade escolar, em conformidade com as normas do Sistema Estadual de Ensino.

O Estado de Mato Grosso do Sul possui a segunda maior população indígena do País, representada pelas etinas Atikum, Guató, Guarani, Kaiowá, Kinikinau, Kadiwéw, Ofaié e Terena, em 27 municípios do território estadual.

São 19 escolas estaduais indígenas até o momento, sendo uma na área urbana, 17 em áreas indígenas e um Centro de Formação de professores indígenas. Em 2007, em parceria com o governo federal, o governo do Estado iniciou a construção de sete escolas, em áreas indígenas, com seis salas de aula: três escolas em Aquidauana (Aldeia Lagoinha, Bananal e Limão Verde); uma em Amambai, (Aldeia Amambaí); uma em Dourados (Aldeia Jaguapiru); uma em Miranda (Aldeia Cachoeirinha) e uma em Nioaque (Aldeia Brejão).

Das setes escolas, seis já foram entregues, faltando apenas a finalização da escola na aldeia Bananal, que ainda está em construção.

Você Pode Gostar

©1993-2023 – Gazeta do Pantanal