Prefeitos destacam que Nova Caravana vai atender quem mais precisa e contribuir com a saúde dos municípios

Os prefeitos destacaram que a nova fase da Caravana da Saúde vai ajudar a reduzir as filas de cirurgias e exames, que ficaram reprimidas durante a pandemia e assim atender as pessoas mais carentes, que precisam da assistência da saúde pública. Também elogiaram o governador Reinaldo Azambuja, que com estes investimentos contribui com os 79 municípios.

“A caravana será muito importante para todos os municípios e assim atender a demanda que é grande e precisa de uma atenção especial”, ressaltou o prefeito de Jateí, Eraldo Jorge Leite.

Para o prefeito de Nova Alvorada do Sul, José Paulo Paleari, se trata de um projeto que contribui com a saúde pública.  “Ajuda principalmente os municípios pequenos que não possuem recursos e estrutura para atender esta demanda. Aqui temos o governador com este olhar especial para saúde”.

Marco Pacco, prefeito de Itaporã, destaca que a volta do programa vai de encontro aos anseios da população. Já o prefeito de Inocência, Toninho da Cofapi, lembra que a nova Caravana é essencial para as pessoas mais carentes. “É um grande presente aos municípios, pois vai resolver a procura dos moradores que mais precisam de cirurgias e exames”.

No seu primeiro mandato, a prefeita de Água Clara, Gerolina da Silva Alves, disse estar feliz e ansiosa para que os atendimentos aconteçam no Estado. José Natan, gestor municipal de Aparecida do Taboado, destacou que a Caravana vai atender a demanda reprimida. “Vem de encontro com o que esperamos do governo estadual”.

Parceria

O presidente da Assomasul, Valdir Couto de Souza Júnior, que é prefeito de Nioaque, destacou que a entidade será parceria do governo do Estado na Nova Caravana. “A Assomasul vai trabalhar em conjunto com os 79 municípios, para contribuir com o programa, ajudando por exemplo na logística e assim atender a população que precisa das cirurgias e exames em curto prazo”.

O prefeito de Santa Rita do Pardo, Lúcio Roberto Calixto, destacou que estes investimentos só ocorrem porque o governo é municipalista. “Este evento era aguardado por toda população”. Para José Gilberto Garcia, prefeito de Nova Andradina, estes investimentos serão fundamentais para as cidades. “Não iríamos conseguir fazer todos estes procedimentos sem o apoio e os recursos do Estado”.

v

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com