Governador lança nova etapa da Caravana da Saúde e entrega 151 veículos para a Sanesul

A Caravana da Saúde de Mato Grosso do Sul está de volta. Nesta quinta-feira (2), o governador Reinaldo Azambuja faz o lançamento oficial da nova etapa do mutirão, que desta vez será realizado em parceria com hospitais públicos e privados para acelerar a realização de exames de diagnóstico e cirurgias eletivas.

Com a presença de prefeitos e demais lideranças, a cerimônia de lançamento da Caravana será realizada às 14h na sede da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), na Avenida Eduardo Elias Zahran, 3.179, em Campo Grande. E os procedimentos médicos já começam a ser feitos na sexta-feira, dia 3.

De volta em novo formato, a Caravana da Saúde está dividida em duas modalidades: Opera MS e Examina MS. Conforme já contratualizado com a SES (Secretaria de Estado de Saúde), 39 hospitais em 34 municípios vão realizar 94 tipos de procedimentos cirúrgicos e 66 tipos de exames de média e alta complexidade.

Ao todo, serão feitas 68.618 cirurgias e 33.002 exames como ressonâncias, tomografias, ultrassons, colonoscopia e endoscopia, tudo no período de 13 meses. Os pacientes que serão atendidos nesta nova etapa do programa já estão agendados, conforme as filas da regulação. R$ 120 milhões serão investidos na Caravana.

Sanesul

Também nesta quinta-feira (02), o governador Reinaldo Azambuja entrega 151 veículos para a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) e assina ordem de início de serviço para a reforma e readequação da Casa do Pantanal – espaço localizada no parque das Nações Indígenas onde será instalado o Espaço Sanesul, com atendimento ao público, museu, biblioteca, auditório, sala de oficina, cafeteria e demais ambientes.

Aberto ao público, o evento será realizado às 9h30 no Portal Guarani do Parque das Nações Indígenas – entrada próxima a Fundtur (Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul), nos altos da Avenida Afonso Pena.

Ao todo, serão entregues 87 Pick-ups, 57 motos e 7 caminhões caçamba à empresa, em um investimento em qualidade operacional de R$ 10,1 milhões. Os veículos vão integrar a operação dos sistemas de água. Assim, os funcionários poderão exercer o serviço com mais qualidade, dar uma resposta mais rápida para o cidadão e ter uma logística mais eficiente.

Já a reforma da Casa do Pantanal, pensada desde 2019, será realizada pela empresa com recursos próprios de R$ 830 mil.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com