Turismo de Bonito registra melhor outubro dos últimos 7 anos

Recorde atrás de recorde em 2021. Depois de ter o melhor mês de setembro dos últimos sete anos em relação ao número de visitantes, o Turismo de Bonito registrou em outubro seu melhor desempenho para o período na atração de turistas.

A “Capital brasileira do ecoturismo” recebeu 26.953 viajantes em outubro. No mesmo mês, chegou a 88.001 o número de visitações nos atrativos naturais da cidade, como a Gruta do Lago Azul e o Balneário Municipal.

Bonito recebeu 26.953 viajantes em outubro – Foto: Reprodução

Divulgados na quinta-feira (11), os números pertencem ao boletim do Observatório do Turismo e Eventos da Cidade (OTEB), realizado mensalmente pelo Bonito Convention & Visitors Bureau com apoio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur).

Ainda em outubro de 2021, a taxa de ocupação dos hotéis na cidade ficou em 66% – o melhor índice do ano e também dos meses de outubro desde 2015. 

Análise – Os resultados são os melhores para o mês de outubro de toda a série histórica do OTEB, que teve início em 2015. Para a coordenadora do Observatório, Janaina Mainchein, os números resultam da vontade das pessoas viajarem após um longo período de isolamento por causa da pandemia de covid-19. “As pessoas estão mais confiantes por causa da vacinação”, avalia.

Já o presidente da Fundtur, Bruno Wendling, credita o balanço positivo a uma série de fatores. “Com a pandemia em níveis baixos e a vacinação em massa, as pessoas se sentem mais seguras para viajar. Também tem o fato de Bonito ser um destino de natureza, com espaços abertos”, afirma.

“Somados a isso, temos as ações de divulgação do destino e o trabalho dos empresários. Tudo faz com que a retomada seja bem forte e que a expectativa para 2022 seja ainda melhor”, acredita.

Balanço do ano – Conforme análise do OTEB, de janeiro a outubro deste ano, 32,49% dos visitantes que passaram por Bonito moram em São Paulo. Os demais são do Rio de Janeiro (12,43%), Paraná (9,51%), Rio Grande do Sul (7,54%), Santa Catarina (7,43%) e Mato Grosso do Sul (7,18%).

Em relação aos visitantes internacionais, 0,58% são do Paraguai, 0,24% dos Estados Unidos, 0,13% da França e 0,09% da Bolívia. Os dados foram fornecidos pelos atrativos Gruta do Lago Azul, Estância Mimosa, Rio da Prata e Lagoa Misteriosa.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com