Agepan discute com organizações do turismo proposta de modernização do transporte intermunicipal

A modernização do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros em Mato Grosso do Sul (Sistema TRIP) que está sendo preparada pelo Governo do Estado vai englobar as viagens turísticas, com proposta que ofereça mais qualidade ao transporte dos sul-mato-grossenses e de pessoas do Brasil e do exterior que veem aproveitar os atrativos nos mais diferentes municípios do Estado.

Nesta quinta-feira (18), a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) discute o tema no workshop “Pensando o Transporte Turístico em MS”, realizado em parceria com a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur/MS), reunindo transportadores de linha e de fretamento dos principais polos, órgãos púbicos de transporte urbano e trânsito, e representantes de entidades privadas e governamentais que atuam no setor de turismo.

Balneário em Rio Verde de Mato Grosso e rodovia MS-427 – Foto: Divulgação

Durante o evento, em Campo Grande, serão apresentados os resultados de quatro pesquisas realizadas com viajantes – turistas ou não – e que mostram a percepção do usuário, a motivação dos deslocamentos, os pontos fortes e as necessidades de melhorias no sistema.

“A modernização que pretendemos com a criação do plano de diretor de transporte intermunicipal tem foco nas linhas regulares, que são um serviço público, mas é preciso levar em conta toda a rede intermunicipal. E o transporte turístico rodoviário é um elemento importante no nosso Estado, que tem um grande território, com viagens longas e precisa estar bem definido, para evitar ação clandestina e garantir o melhor serviço para todos”, afirma ao diretor presidente da Agepan, Carlos Alberto de Assis.

É a primeira vez que o transporte desse segmento no Estado é trabalhado com transparência, dando oportunidade para os participantes do setor colocarem seus problemas e proporem soluções para o aperfeiçoamento do serviço público de transporte aos turistas de Mato Grosso do Sul.

O diretor de Transportes da Agência, Matias Gonsales Soares, explica que nesse workshop serão apresentados os dados colhidos em quatro levantamentos. Dois deles foram feitos presencialmente, um pela Agepan, em diversos terminais de ônibus, ouvindo pessoas prestes a embarcar; e outro pela consultoria Gistran, contratada pelo Estado, sobre a realidade do sistema. Outras duas pesquisas foram feitas pela Fundtur.

“As pesquisas mostram os meios de transporte utilizados pelo turista do Estado e de outros estados para chegar aos atrativos, o grau de satisfação daqueles que utilizam ônibus ou vans, a frequência e a motivação. Vamos apresentar os resultados e debater com os trabalhadores, agências de turismo, secretários de turismo, representantes das câmaras municipais e operadores os principais gargalos e soluções”, esclarece Gonsales.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com