Mais duas mil novas árvores foram distribuídas na capital considerada uma “Tree City of the World”

Neste dia 21 de setembro – Dia da Árvore – dezenas de veículos passaram pela Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) e garantiram suas mudas frutíferas de araçá, pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera, via sistema drive thru. A ação durou pouco mais de três horas devido à grande procura da população pelas mudas.

O primeiro da fila foi o senhor Jânio Coelho, que disse ter atendido ao pedido da prefeitura e acompanhado de sua esposa buscou mudas frutíferas por entender a importância dessas árvores “É um dia importantíssimo para o nosso meio ambiente, achamos a iniciativa espetacular, essa providência em trazer à população as mudas, principalmente frutíferas do nosso estado. E com o início da primavera, estação chuvosa será o momento certo para fazer o plantio. Este não é o primeiro ano que a gente tem vindo buscar as mudas. Já temos outras plantas que conseguimos durante eventos anteriores e que já estão produzindo. Isso é bom para as inúmeras espécies de pássaros. Visando essa integração das aves com a nossa cidade. Então agradecemos imensamente a iniciativa de todos vocês envolvidos”.

Dona Neide Campos, que também foi uma das primeiras a garantir a muda contou que dará de presente ao irmão. “Essa mudinha aqui eu vou dar de presente para o meu irmão, porque ele adora árvores frutíferas, eu também adoro, só que no momento eu não tenho espaço para plantar, então estou levando a amora de presente pra ele. Eu acho fantástica essa oportunidade que a prefeitura oferece na distribuição gratuita das espécies. Porque a cidade precisa, já que quanto mais árvores melhor, e a gente observa a diferença em um local que têm árvores de um local que não tem”.

A Laura Solon, de apenas sete anos, acompanhada do seu pai, também acordou cedo para buscar suas mudinhas e contou que desde muito nova já aprendeu a importância da preservação do meio ambiente “Planto desde pequenininha e plantar é muito bom né, mexer com a terra, estar em contato com o mato. E eu nasci no meio do mato, no meio da terra, sempre brinquei no meio da natureza e as árvores são muito importantes”.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão urbana, Luís Eduardo Costa, também participou da entrega das mudas e salientou a responsabilidade de todos, especialmente da administração municipal, em prol da preservação das árvores. “Não celebramos apenas um Dia da Árvore, nós temos instituído em lei a Semana da Árvore. Sabemos da nossa responsabilidade ambiental, pois quando promovemos a arborização urbana nós promovemos uma qualidade de vida, tanto para os humanos como também pra uma série de espécies que coabitam na cidade. Nós temos mais de 130 espécies de pássaros em Campo Grande, portanto, essas árvores frutíferas, produzidas no nosso viveiro, oportunizam também o alimento para esses animais. E ao mesmo tempo todos têm um sentimento particular com as árvores, uma lembrança afetiva da infância e o campo-grandense apoia e participa das nossas inciativas”.

Dezenas de veículos passaram pela Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) e garantiram suas mudas frutíferas – Foto: Divulgação

O secretário também apontou a importância do Viveiro Municipal Flora do Cerrado. “Para chegar até aqui, uma muda nessa altura, começou como sementinha, no nosso viveiro especializado em árvores do cerrado ou árvores adaptadas ao bioma do cerrado. Uma vez que o nosso Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU) preconiza como devem ser feitos os manejos em todas as sete regiões da cidade. Nosso trabalho é promover cada vez mais a produção de mudas e a distribuição delas”, ressalta Luís Eduardo Costa.

Já Publílio José chegou com sua motocicleta durante o drive, assegurou suas árvores e pontuou os fatores que o levaram à distribuição de hoje. “A gente tem o reconhecimento de ser uma cidade arborizada, um reconhecimento internacional. Então carregamos essa responsabilidade de manter essa cidade arborizada para as gerações futuras, proporcionando o nosso bem-estar. Chega essa época, entrando no verão, é muito quente aqui no cerrado, assim essas árvores ajudarão a termos sombra, um futuro bem melhor, porque se a agente não fizer a nossa parte vai ficar cada vez mais difícil”.

Regina Célia Gazal, contou que desde 2009 participa das ações promovidas pela Prefeitura e também ressalta o papel de cada um na preservação ambiental. “Nossa família sempre participou dos plantios e hoje são minhas filhas que plantam juntamente conosco. Ações como estas são importantes para que as crianças entendam o seu papel, mesmo que seja pequeno, precisamos fazer a nossa parte, pois com o pouquinho que elas fazem, já farão a diferença”.

E a programação da Semana da Árvore continua:

Dia 23 (quinta-feira)

9h – a Prefeitura, por intermédio da Semadur, em parceria com o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), implantarão BOSQUE – ARTE E TERAPIA DR VIRGILIO GONÇALVES SOUZA JUNIOR na instituição hospitalar, projeto idealizado pelo médico pediatra, servidor efetivo do HRMS vitimado pela COVID-19, que anteriormente à Pandemia já havia procurado a Semadur com o objetivo da criação de um espaço voltado ao conceito de biofilia “necessidade de sentir bem-estar em contato, interação e relacionamento com a natureza”, uma área comum aos servidores e/ou pacientes para descompressão e relaxamento.

A ação visa valorizar os profissionais do local, que trabalham incansavelmente para salvar a vida, e homenagear o seu idealizador com o plantio de 30 mudas de espécies frutíferas, oriundas do Viveiro Municipal Flora do Cerrado, dentre elas mudas de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Também será realizado o plantio de sete mudas de Ipês (branco, rosa e amarelo) com o intuito de homenagear cada um dos servidores do HRMS que foram vitimados pela COVID-19. As mudas serão plantadas pelos familiares e identificadas com o nome de cada servidor, como forma de eternizar seus entes que dedicaram parte de suas vidas no atendimento aos pacientes.

Dia 25 (sábado)

8h – será realizada a distribuição de 10 mil mudas frutíferas, no sistema drive thru, no Paço Municipal, entre as Ruas Barão do Rio Branco e Arthur Jorge. As mudas distribuídas serão de pitanga, acerola, goiaba, jabuticaba, amora, romã e nêspera.

Dia 29 (quarta-feira)

Como parte das atividades desenvolvidas pelo projeto “Recomeçar, Programa de Acompanhamento Familiar” para a comunidade do Parque dos Sabiás será realizado o plantio 50 árvores de espécies nativas, que serão plantadas pelos próprios moradores e nominadas pelos mesmos. Além da distribuição de 500 mudas de espécies frutíferas para a população.

Dias 3 a 6 de outubro

Em função da pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde ocasionada pelo Novo coronavírus, Campo Grande sediará de forma 100% virtual o pré-evento do XXIV Congresso Brasileiro de Arborização Urbana e o III Congresso Iberoamericano de Arborização Urbana 2021. O evento poderá ser acompanhado totalmente online pelo site www.virtual.cbau.eco.br onde especialistas reconhecidos internacionalmente apresentarão uma programação dedicada a refletir como a Arborização Urbana pode contribuir para a Década da ONU da Restauração dos Ecossistemas (2021-2031). A programação completa do evento está disponível no site virtual.cbau.eco.br/programacao/ faça sua inscrição e participe.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com