Procon manifesta à Senacon sua preocupação com alta de preços da cesta básica

Preocupado com o aumento dos preços dos gêneros de primeira necessidade, que compõem a cesta básica, o superintendente do Procon/MS, Marcelo Salomão, acionou a Secretaria Nacional do Consumidor – Senacon, e solicitou que a imediata intervenção do poder público, especialmente dos Ministérios da Justiça, da Economia e da Agricultura, no sentido de conter os frequentes aumentos.

O superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, entende que sem a elaboração de diretrizes governamentais não conseguiremos reverter o atual cenário econômico.

O Procon Estadual já notificou alguns supermercados e está desenvolvendo ação no sentido de notificar todos os “atacarejos” do Estado a demonstrarem, por meio de nota fiscal de aquisição, as razões para a prática dos atuais reajustes.

Em nota a Senacon informou já ter feito articulação interministerial e marcado reunião urgente com objetivo de dialogar com todos os ministérios que cuidam do tema e, assim, compreender o que gerou tamanho salto nos preços dos produtos, e só então buscar alternativas para garantir a competitividade nesse setor e, principalmente, para que não falte produtos da cesta básica para o consumidor brasileiro.

 

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com