Adolescentes confessam ter matado e estuprado rapaz sem vida em Aral Moreira

Dois adolescentes com idades entre 15 e 16 anos confessaram à polícia do assassinato de José Carlos Amarillha, de 22 anos, encontrado morto em lavoura de milho, na sexta-feira (7), região rural de Aral Moreira. Além de matarem a vítima a pauladas, os menores confessaram que teriam abusado sexualmente do rapaz sem vida. As informações são do site Porã News.

Rapaz foi morto em meio ao milharal em Aral Moreira – Foto: Reprodução/Porã News

De acordo com informações do delegado Eduardo Ferreira de Oliveira, investigadores do Setor de Investigações Gerais (SIG), após o crime, testemunhas foram ouvidas e a polícia conseguiu chegar aos suspeitos que seriam os menores infratores.

Após depoimento, eles confessaram o crime e disseram que mataram a vítima a pauladas e depois teriam feito sexo com o cadáver.

Os menores foram levados até a delegacia de Polícia Civil para demais procedimentos. O delegado responsável pelo caso informou que vai solicitar a internação dos adolescentes.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com