Operação “Vistoria” é deflagrada em Campo Grande

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS), por meio das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social de Campo Grande e do GECOC – Grupo Especial de Combate à Corrupção, deflagrou na manhã desta quarta-feira (10/04) a operação “Vistoria” com o objetivo de cumprir de 05 (cinco) mandados de busca e apreensão na Capital.

MP apura a ocorrência dos crimes de lavagem de capitais, falsidade ideológica e delitos correlatos na Capital – Foto: Divulgação

Foram apreendidos documentos, papéis, agendas, registros contábeis, anotações, comprovantes de movimentações bancárias, computadores, além de celulares.

A operação é oriunda de Procedimento Investigatório Criminal (PIC) que tramita perante a 31ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da Capital e apura a ocorrência dos crimes de lavagem de capitais, falsidade ideológica e delitos correlatos em um suposto esquema criminoso que utiliza terceiros como “laranjas” no quadro societário de Empresas Credenciadas de Vistoria (ECVs), com a finalidade de obter o credenciamento fraudulento destas empresas junto ao órgão de trânsito estadual – DETRAN/MS.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 2ª Vara Criminal de Campo Grande, tendo sido cumpridos por 3 Promotores de Justiça, 10 Servidores do MP e 10 Policiais Militares e tinham como alvos 2 (duas) ECVs (Empresas Credenciadas de Vistoria), 1 (uma) revenda de automóveis e 2 (duas) residências.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com