Empresas de comércio de munição e armas são autuadas em MS

O balanço da Operação Alta Pressão VIII coordenada pelo Exército Brasileiro, por meio da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC), entre os dias 9 e 12 de abril, totalizou quatro empresas autuadas em Mato Grosso do Sul.

Fiscalização tem objetivo de coibir desvio de armamento especial – Foto: Ascom 9ª Região Militar

A ação tem objetivo de intensificar a fiscalização do comércio de armas de fogo e munições e envolveu 11 equipes, compostas por 45 militares de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Além disso, o grupo contou com apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, além de agentes da Polícia Federal e Receita Federal.

De acordo com a assessoria de comunicação  a operação completou a 8ª edição, com 49 fiscalizações realizadas e área de abrangência de 10 mil km. As empresas que foram autuadas em MS não atenderam à legislação vigente sobre comércio de munições e armamento.

As ações militares realizadas ao longo do ano tem intuito de orientar e adequar as empresas registradas, quanto ao trato de Produtos Controlados pelo Exército (PCE).

O monitoramento constante evita a possibilidade de desvio desses produtos para utilização em atividades ilicitas, esclarece a nota oficial. Com informações do Correio do Estado

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com