Carretas com 75 mil litros de solvente são apreendidas pela PRF em Dourados

Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 75 mil litros de produto solvente contrabandeado em duas carretas, nesta segunda-feira (8), na zona rural de Dourados. A carga tinha uma documentação para aparentar ser regular.

Produto não tinha documento fiscal que legalizasse a importação – Foto: Foto: Divulgação / PRF

Conforme informações da PRF, a equipe realizava ronda pela zona rural da cidade,  quando observou o caminhão tanque Iveco Stralis, com placas de São Paulo (SP), tracionando dois semirreboques, ambos com placas de Paulínia (SP).

A carreta já havia sido abordada pela PRF dois dias antes (6), sendo que o condutor, de 29 anos, afirmou que estava indo carregar o veículo com etanol, o que gerou desconfiança da equipe uma vez que não existe usina no local informado pelo motorista.

Na nova parada, ele foi questionado sobre a origem e destino da carga, o condutor informou desconhecer o local de entrega e disse que o veículo que seguia a frente era quem o guiava. Os policiais então abordaram a carreta, uma Mercedes Benz LS 1938 e com placas de Cambé (PR),  que ia na frente, sendo conduzido por um homem de 36 anos.

Os dois condutores apresentaram documentação de devolução de mercadoria descrita como composto orgânico diluente. Esses documentos fiscais serviriam para dar “aparente” legalização na importação de NAFTA, produto solvente não produzido no Brasil.

Nas carretas estavam sendo transportadas 75 mil litros, 45 mil em um dos veículos e 30 mil em outro, de solvente sem a devida documentação fiscal de importação, caracterizando a princípio, ocorrência de contrabando.

A ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Dourados. Com informações do Correio do Estado

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com