“Justiceiros” matam suspeito de roubo e deixam bilhete com recado para assaltantes

O corpo de um jovem de 20 anos foi encontrado com vários tiros e um bilhete alertando ladrões para que não roubassem nos bairros Terrassa e Cidade Nova, em Ponta Porã. Identificado como Willian David Villalba Espinosa, tinha passagem por roubo e era procurado pela polícia. Quatro homens o sequestraram e executaram em seguida.

Bilhete dizia “Não roubar mais nos bairros Terrassa e Cidade Nova” – Foto: Porã News

De acordo com o site Porã News, no início noite de ontem (10) Willian foi cercado por quatro homens armados. Algumas horas depois foi encontrado com vários disparos no rosto e cabeça, no Jardim Ivone.

Junto ao corpo da vitima foi encontrado um bilhete escrito em espanhol “Não roubar mais nos bairros Terrassa e Cidade Nova”. Este recado seria para os outros ladrões que estariam atuando nos bairros.

Ainda conforme o site Porã News, os autores teriam ainda passado à polícia falsas ocorrências em regiões opostas da cidade a que foi encontrado o corpo.

Crimes como estes dos chamados “justiceiros da fronteira” têm sido registrado na região de fronteira, onde devido ao grande número de roubos e assaltos, algumas pessoas teriam optado por fazer justiça com as próprias mãos. Com informações do Correio do Estado

Comente esta noticia...

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com