Qual a importância do design de interiores para o meu projeto?

Todo mundo sonha em morar em um imóvel aconchegante e cheio de personalidade, seja ele uma casa ou um apartamento. Na prática, montar o projeto de decoração perfeito pode ser muito mais difícil do que parece, já que envolve a escolha correta de pisos, tipos de iluminação, tamanhos dos móveis, revestimentos, estilo da decoração, tipo e cor de pintura, etc. Além disso, hoje, com a tendência de ambientes cada vez mais reduzidos, saber dispor cada elemento se tornou um ponto primordial para o aproveitamento correto de cada cômodo.

O designer tem conhecimentos e experiência sobre todos os tipos de materiais para a construção – Foto: Divulgação

Se você ainda está totalmente perdido e não sabe por onde começar, ou tem uma ideia, mas precisa de ajuda para escolher os melhores materiais, ou simplesmente não tem tempo suficiente para pesquisar e executar seus planos, a contratação de um designer de interiores pode facilitar – e muito! – a sua vida.

Por que contratar um designer de interiores?

O designer de interiores é quem harmoniza a interação entre os indivíduos e os objetos dispostos em uma residência, combinando gostos pessoais e necessidades. Ele é o profissional que pensa a funcionalidade da sua casa e planeja a estética e decoração – desde os móveis e eletrodomésticos aos menores detalhes. Sempre levando em consideração o conforto e as exigências de cada contratante.

Bons projetos demandam bons planejamentos

O trabalho do profissional começa com um estudo da casa (quantidade de cômodos, medidas e instalações) e até das pessoas (quem são, suas idades, como são suas rotinas e quais são suas referências são algumas questões básicas). Principalmente quando o projeto é para uma família, a tarefa do designer é entender cada membro individualmente e fazer com que todos cheguem a um acordo.

A partir disso, acontece a montagem do projeto: a representação técnica das ideias e soluções. Pode ser apresentado por plantas, memoriais, referências, esquemas, imagens em 3D, etc. É através dele que são feitos os orçamentos e a definição de melhores proporções, cores e materiais.

Ouvir os moradores, entender o que eles precisam, discutir o orçamento disponível e pensar formas de associar aparência, utilidade e economia ao aproveitamento ideal dos espaços é fundamental. Um bom projeto é aquele que funciona da melhor forma possível para quem o utiliza.

Menos estresse e gastos na execução

Contratar um especialista faz toda a diferença durante as obras. Além de poder contar com alguém para supervisionar cada etapa e evitar preocupações de como lidar com as outras pessoas envolvidas no projeto, é o designer quem tem conhecimentos e experiência sobre todos os tipos de materiais.

Por estar sempre atento ao mercado, ele ainda pode sugerir ideias de novidades disponíveis no mercado ou até mesmo conseguir bons descontos com fornecedores ou outros profissionais da área de decoração, como arquitetos, pintores, marceneiros, gesseiros e pedreiros.

Quanto mais cedo ocorrer a contratação, melhor. Caso o imóvel ainda esteja na fase de construção ou próximo da data de entrega, o cliente ganha mais tempo para programar as compras dos objetos mais caros, geralmente eletrodomésticos, itens de marcenaria e revestimentos.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com