Mesmo preso, Lula alcança 30% dos votos na pesquisa Datafolha

Preso e, provavelmente inelegível, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda lidera a pesquisa Datafolha para a presidência da República divulgada neste domingo (10). O petista alcança 30% dos votos no único cenário em que foi testado. O pré-candidato do PSL, Jair Bolsonaro vem na sequência com 17%, enquanto Marina Silva, da Rede aparece com 10%.  Os entrevistados que disseram não ter candidato chegam a 21% e deixam o quadro eleitoral bastante incerto.

O ex-presidente Lula durante encontro com petistas na zona sul de São Paulo – Foto: Ronaldo Silva/FuturaPress

Sem Lula, o número dos entrevistados que diz não ter em quem votar chega a 34%, índice bem superior a qualquer outro postulante. Nos dois cenários testados sem o ex-presidente, Jair Bolsonaro chega a 19%, enquanto Marina Silva varia entre 14% e 15%. Como a margem de erro é de 2%, em um dos testes os dois estão em empate técnico no limite.

Os outros candidatos do PT testados pelo Datafolha são o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad e o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner. Ambos ficam com 1% das intenções de voto.

Ciro Gomes (PDT) tem seu pior desempenho quando Lula aparece na pesquisa. O ex-governador do Ceará alcança 6% quando concorre com o petista. Sem o ex-presidente, o pedetista ganha votos e surge entre 10 e 11%. Geraldo Alckmin (PSDB) ainda patina nas intenções de voto e tem entre 6 e 7%. Álvaro Dias (Podemos) tem 4% em todos os testes feitos pelo Datafolha. Os demais candidatos atingem, no máximo, 2%.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com