Para apoiar volta de André ao governo, Paulo Duarte abandona PDT

O ex-prefeito de Corumbá Paulo Duarte está de saída do PDT. Integrante da diretoria executiva do partido ele está deixndo a sigla para se filiar ao MDB.

A mudança de legenda mostra que nem tudo está tão bem assim no grupo do pré-candidato a governador Odilon de Oliveira (PDT). Paulo a trocará pelo partido que tem o ex-governador André Puccinelli (MDB) como pré-candidato à sucessão estadual.

Ex-prefeito de Corumbá Paulo Duarte. Foto: Arquivo

De malas prontas para se tornar emedebista, as informações de bastidores não confirmam o motivo da mudança drástica. O que se ventila é que ele poderia ter ficado descontente com os encaminhamentos do partido para a disputa destas eleições e, também, com a candidatura do juiz federal Odilon de Oliveira para a sucessão estadual.

Odilon perde um forte aliado ao seu lado e quem ganha será seu principal adversário nas urnas, o ex-governador e pré-candidato ao governo André. Paulo Duarte é um nome de peso para caminhar junto em qualquer situação. Agora, ele dará total apoio à chapa emedebista, se a candidatura de André se confirmar de fato.

Caso contrário, o economista estaria mais de acordo com uma possível aliança entre MDB e PSDB, já que atualmente é auditor-fiscal da Secretaria de Fazenda do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB).

A liberdade de conversar com as duas forças ajudaria numa aproximação para montar uma chapa majoritária para estas eleições.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com