Argentina, Paraguai e Uruguai oficializam candidatura para Copa de 2030

Argentina, Paraguai e Uruguai tornaram oficial nesta quarta-feira a candidatura para sediarem, em conjunto, a Copa do Mundo de 2030. A confirmação aconteceu em um evento realizado na cidade de Buenos Aires e que contou com a presença dos presidentes dos três países.

A candidatura já era conhecida, mas somente nesta quarta foi confirmada

A candidatura já era conhecida, mas somente nesta quarta foi confirmada. Na Casa Rosada, sede do governo argentino, o presidente Mauricio Macri recebeu os governantes Horacio Cartes, do Paraguai, e Tabaré Vázquez, do Uruguai, para a oficialização, que contou também com a presença do presidente da Fifa, Gianni Infantino.

“Se nos derem esta oportunidade, vamos ser grandes anfitriões. Nesta região do mundo, sobra paixão pelo futebol”, garantiu Mauricio Macri. “Ratificamos esse compromisso. Vamos ter o apoio da Conmebol. A região merece. O que se busca não é só dar lugar à paixão que compartilhamos. Estamos sempre buscando novos projetos. Vamos fazer um grande Mundial.”

A realização da Copa neste países seria uma forma de comemorar os 100 anos do primeiro Mundial, o de 1930, que foi sediado justamente pelo Uruguai, campeão, e teve a Argentina como finalista. A candidatura sul-americana, aliás, aparece como a única até o momento confirmada para receber o Mundial de 2030.

A princípio, o Uruguai lançaria sozinho a candidatura, mas as dificuldades financeiras e estruturais geraram o convite à Argentina. O Paraguai foi o último a entrar no trio e só foi confirmado como uma das possíveis sedes deste pleito há pouco mais de um mês.

A entrada do Paraguai na candidatura, aliás, teria desagradado os governantes uruguaios, mas Macri tratou de desmentir estes rumores. “Quando propus incorporar o Paraguai, Vázquez também disse estar de acordo. Não houve qualquer entrevero, também foi positivo para o Uruguai.”

A oferta sul-americana é a única oficial para sediar a Copa do Mundo de 2030. Para a competição anterior, também há uma proposta de três países, da América do Norte – Estados Unidos, Canadá e México. Além disso, o Marrocos deseja sediar o Mundial de 2026. A Copa de 2018 será realizada na Rússia, enquanto a de 2020 terá o Catar como sede. Com informações do Estadão Conteúdo.

Sem Comentarios

2010 © Gazeta do Pantanal - Campo Grande - MS - www.gazetadopantanal.com